• Selecione a sua página

Notícias

16 Janeiro 2012

Nearshore e fábrica de software

A aposta da Altran em nearshore resultou na recente transferência de um projecto para Portugal, anteriormente executado na Rússia, consistindo no apoio a uma aplicação de recursos humanos da empresa. O trabalho da Altran passa pela manutenção da aplicação, que gere informação dos colaboradores da empresa.

ALTRAN ganha transferência de projeto russo para Portugal

O projecto anteriormente em desenvolvimento na Rússia, via offshoring, transita agora para Portugal, tendo o país obtido a nomeação de plataforma nearshore dentro do grupo Altran. Esta oportunidade permite optimizar custos, controlar e melhorar a gestão desse serviço.

O cliente é uma empresa de tecnologia criativa, líder na produção de 3D digital, animação e tecnologias relacionadas com som e imagem, que cria, gere e distribui conteúdos de entretenimento. A aplicação Altran vai gerir essencialmente três processos, o de recrutamento, através da entrada de um novo colaborador e toda a informação relevante, o processo de gestão de carreira e a respectiva evolução salarial e processo de saída, interagindo também com outras aplicações da empresa. No decorrer do projecto, durante um ano, a Altran oferece apoio aplicacional de manutenção correctiva e evolutiva, comprometendo-se a resolver eventuais problemas na aplicaçãoe gerindo a melhoria contínua do produto mensalmente.

“O desenvolvimento do projecto em Portugal, através da nossa plataforma de nearshore, tem outra grande vantagem que é a de podermos tirar partido da nossa software factory, utilizando os processos e ferramentas de apoio à análise, ao desenvolvimento e a testes”, reforça a directora-geral da Altran Portugal, Célia Reis.

 

A Altran investe na cooperação em projectos europeus e na deslocalização de projectos de alto índice tecnológico. A escolha de Portugal para a criação de um centro de competências nearshore prende-se com a optimização da relação qualidade/preço em Portugal e a alavancagem da economia nacional. Outros factores contribuem para esta escolha, nomeadamente, o facto de Portugal situar-se próximo dos principais players europeus, a acessibilidade a menos de três horas de avião e o facto da plataforma de nearshore ser uma alternativa credível às tradicionais plataformas de offshore, existentes na Índia e noutros países. O sector das Tecnologias da Informação tem 35.000 profissionais activos, que poderiam potencialmente servir a Europa em projectos de nearshore.

Altran é uma empresa de engenharia avançada e grupo de consultoria no campo da inovação. A missão do grupo passa por ajudar os clientes a criar e desenvolver novos produtos e serviços. Nasceu em 1982 e em 1998 entrou no mercado nacional com a Altrantec. Em 2009 deu-se a consolidação da marca Altran Portugal, que é hoje líder na Europa.