• Selecione a sua página

Notícias

05 Dezembro 2011

Investimento alavanca economia

Desde 2009 que a Altran Portugal investe numa fábrica de software através da plataforma Nearshore. Os objectivos passam por servir o mercado nacional e internacional de forma a ser a alternativa à opção de Offshore.

Altran desenvolve Nearshore e recruta engenheiros

Paralelamente, está a desenvolver o programa Altran Engineer que consiste no recrutamento de engenheiros informáticos, criando aproximadamente 50 novos postos de trabalho. O investimento permite a transferência de processos de negócio e de Tecnologias de Informação (TI) para empresas de países próximos, sendo que Portugal é um  dos maiores centros de nearshore da Europa.

O programa Altran Engineer procura engenheiros informáticos, electrotécnicos e de redes, com o mínimo de um ano de experiência, que possuam conhecimentos nas áreas de JAVA/J2EE, PL/SQL, PHP5, Unix/Linux ou Redes e suporte rádio, com elevadas competências pessoais e bons conhecimentos de francês, para integrarem um projecto em Paris, que permite adquirir experiência internacional, e posterior desenvolvimento em Portugal. As candidaturas devem ser enviadas para o e-mail DRH.Recrutamento@remove-this.altran.pt, acompanhadas de curriculum vitae em francês ou inglês.

A capacidade de gestão de projectos da Altran Portugal permitiu a criação da plataforma, que em 2010 alcançou o reconhecimento formal dentro do Grupo Altran. “O reconhecimento da excelência dos profissionais e a maturidade do Centro de Soluções de Portugal, permitiu à Altran ser considerada uma plataforma de nearshore para o Grupo e neste contexto está prevista a deslocalização de actividades de desenvolvimento em sistemas de informação, ou seja, a criação de cerca de 50 novos postos de trabalho”, afirma a directora-geral da Altran Portugal, Célia Reis.

A Altran investe na cooperação em projectos europeus e na deslocalização de projectos de alto índice tecnológico. A escolha do país para a criação de um centro de competências Nearshore prende-se com as condições financeiras e optimização da relação qualidade/preço em Portugal, a alavancagem da economia nacional, Portugal situar-se próximo dos principais players europeus, a acessibilidade a menos de três horas de avião e o facto da plataforma de Nearshore ser uma alternativa credível às tradicionais plataformas de Offshore, existente na Índia e noutros países. As TI têm a possibilidade de ser uma área de rápido crescimento para Portugal, tendo este sector 35.000 profissionais activos servindo a Europa em projectos de Nearshore.